Gases Odorantes em regiões urbanas: Emissão, dispersão e incômodo

Resumo: Odores são resultantes das sensações de moléculas de naturezas diversas (orgânicas ou minerais voláteis, com propriedades físico-químicas distintas) que interagem com o sistema olfativo de um corpo causando impulsos que são transmitidos ao cérebro. Compostos odorantes emitidos por atividades industriais, agroindustriais e por sistemas de transporte e tratamento de esgotos podem ocasionar incômodo e afetar negativamente a qualidade de vida das pessoas a eles expostas. Desde sua emissão ao impacto, os compostos odorantes possuem particularidades associadas aos tipos de fontes, composição química, baixas concentrações, relação entre concentração e incômodo percebido. Assim, as técnicas utilizadas para o estudo do impacto devem ser avaliadas. Uma revisão da literatura indica que diferentes técnicas devem ser utilizadas em conjunto para a melhor avaliação e gerenciamento do incômodo causado em populações urbanas por gases odorantes.

Data de início: 2018-11-08
Prazo (meses): 48

Participantes:

Papelordem crescente Nome
Coordenador Jane Meri Santos
Aluno Mestrado Vitor Ferreira Lavor

Páginas

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910